Somos a Essência


Rita Patussi

Terapeuta holística

“Todos são interligados. O céu e a terra, ar e água. Todos são uma só coisa; não quatro, e não duas, e não três, mas um. Se não estiverem juntos, há apenas uma peça incompleta.”

 Paracelso


Nesta caminhada de aprendiz, a Natureza e as possibilidades que nos oferece me inquietam e encantam. Perceber que tudo é feito da mesma matéria, apenas organizadas e/ou se movendo em frequências de maneiras distintas, é assombrosamente perfeito. Para os céticos, é só olhar pela perspectiva científica, pois tanto a bioquímica como a biofísica, por exemplo, nos revelam a similaridade dos elementos que se encontram em minerais, vegetais, animais e humanos. Os mesmos carbono, oxigênio, hidrogênio, cobre, magnésio etc. estão na pedra, na árvore, no gato ou em nós, o que nos diferencia é como isso se organiza, em que frequência vibra e como se relaciona com o todo.

O pensamento é antigo. Muitas civilizações possuem, em sua cosmovisão, a ideia de que tudo e todos no universo estão inter-relacionados, conectados, unidos pelo mesmo princípio, feitos dos mesmos elementos, vibrando em frequência próprias, complementares e harmônicas. Há cerca de 400 a.C., Hipócrates, dizia: “Há uma circulação comum, uma respiração comum. Todas as coisas estão relacionadas”.

Vejamos o exemplo da relação entre os óleos essenciais e o Ser Humano. Lembrando que a palavra essencial tem origem na palavra essência, que significa “aquilo que é o mais básico, o mais central, a mais importante característica de um ser ou de algo” e/ou “determinada qualidade em seu mais alto grau”. O óleo essencial representa a essência, a síntese de milhares de exemplares vegetais da sua espécie que se manifestam por meio de seus princípios ativos, seu aroma e sua energia vital, que nada mais são do que dons, potenciais e desafios disponibilizados ao mundo para o bem-estar e o equilíbrio de todos.

De forma semelhante, nós, os seres humanos, somos a essência, a síntese dos nossos ancestrais e nos manifestamos por meio do DNA, de hábitos, crenças, desafios, potenciais e dons. Nos apresentamos, experienciamos e relacionamos com o mundo com o que trouxemos e adquirimos em nossas trajetórias, tendo, diferentemente de outras espécies, a oportunidade de perceber, rever e aprender com as circunstâncias, possibilitando o desenvolvimento consciencial e o aprimoramento.

Assim, se considerarmos o princípio da saúde de que “semelhante cura semelhante”, o encontro entre o humano e a gota (de óleo essencial) pode ser uma forma de conectar potenciais, somando, complementando, equilibrando orgânica e energeticamente, bem como administrando e/ou neutralizando desafios e desequilíbrios. Um encontro em que cada um reconheça e viva seu propósito, consigo mesmo e com os demais seres e o meio ambiente, pois somos parte da Natureza.

É neste contexto que acredito na Aromaterapia, no potencial da Natureza expresso nas preciosas gotas de um óleo essencial, permitindo que cada um de nós encontre seu próprio equilíbrio, o dom e a essência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *