Mudanças Que Chegam Com O Envelhecimento

Mudanças Que Chegam Com O Envelhecimento

Autor: Cristina Schonwald de Oliveira

Gestora de Assuntos para Terceira Idade

Chega um momento nas nossas vidas em que percebemos que em nosso corpo se inicia um processo de mudanças. Com o passar do tempo, com a idade avançando, o corpo apresenta diversos sinais diferentes, que se manifestam como perdas. Alguns ficam mais evidentes, tais como a perda de equilíbrio. Perde-se massa muscular e a força também. Diminui a frequência cardíaca e a capacidade pulmonar não é mais a mesma. Então, outra descoberta acontece, a altura também mudou, passou a ser outra e mais baixa.

                Essas mudanças, quando aparecem, devem servir de alerta para a importância de olharmos com mais cuidado e atenção para nós ou para algum familiar idoso. Lembrar que todos nós também envelhecemos e podemos e também devemos buscar formas de ter uma vida mais saudável e equilibrada. Buscar qualidade para viver é lembrar que, independente de idade, somos corpo, somos mente, somos seres espirituais.

Como nada é estático, tudo é sempre mudança, lembramos que podemos encontrar maneiras simples de como passar melhor por uma nova etapa, um novo momento na trajetória da vida. Junto à natureza, temos a oportunidade de experienciar momentos de saúde integral.

 Através de uma caminhada, exercitamos nosso corpo, cuidamos de nosso coração e, realizando uma respiração adequada, oxigenamos nosso cérebro, aumentamos nossa capacidade pulmonar, liberamos hormônios que estarão equilibrando nosso organismo e trazendo bem-estar. Para aqueles impossibilitados de caminhar, façam um passeio, usem cadeira de rodas, dependendo das limitações, pois incentivar a respiração, olhar o verde, animais, flores, tudo é energia que atua e ajuda, mesmo nos processos de depressão, tão comuns com o avançar da idade. Nesses momentos, junto à natureza, deve-se incentivar a sensibilidade, chamando a atenção para sentir a brisa dos ventos, o toque do sol, a beleza que está ao redor, pois isso revitaliza todo o nosso ser, afastando a tristeza e os pensamentos que surgem com a consciência das perdas que estamos vivenciando.

É importante lembrar que um idoso deve ter o acompanhamento de um profissional da saúde para realizar qualquer atividade física.

As caminhadas ou os passeios também devem ser acompanhados. Devem ser observados alguns cuidados, tais como: uso de uma roupa confortável e de acordo com a temperatura do momento, uso de um calçado adequado e controle da hidratação. Sempre levar água, em qualquer atividade, incentivando e lembrando de como é importante a água, pois o idoso, além de esquecer de tomar, tem o organismo propenso a rápida desidratação.

Assim, simples assim, enfrentar mudanças: caminhar, mudar, aprender, aceitar, renovar e se permitir ser feliz, mesmo com limitações da idade.